UNIFESP - EPM

Tutorial para Preencher as Causas da Morte da Declaração de Óbito
Departamento de Informática em Saúde

Tutorial - Seção III - XXI. Alternativas de Preenchimento da Parte I


A Parte I (as causas da morte) do campo 49 pode ser preenchido de quatro modos possíveis:

Formato de Linha Única:

O formato de linha única da Parte I deve somente ser usado quando a causa básica da morte é conhecida, e não há suficiente informação para ser exato ao registrar uma causa imediata da morte.

Formato de 2 Linhas:

O formato de 2 linhas é o "mínimo" básico utilizado.

Formato de 3 Linhas:

O formato de 3 linhas introduz a causa intermediária da morte. Este é o formato mais comumente utilizado.

Formato de 4 Linhas:

O formato de 4 linhas requer cuidadosa atenção na seqüência de eventos.

Sem se ater ao número de linhas usadas para completar a Parte I, a última linha preenchida deve conter a doença (afecção) que desencadeou a seqüência de eventos mórbidos que levou à morte; a causa básica da morte.

Se mais de uma linha for preenchida, a primeira linha é a causa imediata da morte e deve representar a doença final (afecção)ou complicação que ocorreu próximo ao momento da morte.

Se mais de duas linhas forem registradas, cada linha entre a causa imediata e a causa básica da morte contém uma causa intermediária da morte.

2002 - 2003 DIS-Unifesp/EPMcontato: meide@dis.epm.br
Anterior    Próximo
| home | sobre | tutorial básico | consulta rápida | exemplos | tutorial interativo | outros locais |