UNIFESP - EPM

Tutorial para Preencher as Causas da Morte da Declaração de Óbito
Departamento de Informática em Saúde

Tutorial - Seção III - XXII. O Formato de Linha Única


Quando Uma Linha É Aceitável

Em algumas circunstâncias, é necessário ou adequado expressar a causa mortis na Parte I em uma única linha.

Um Caso

Um paciente de 70 anos, portador de câncer de próstata com metástases para os pulmões. As condições clínicas desse paciente pioraram e a morte era esperada. Morreu em casa sem qualquer evidência de causas externas. Os familiares aguardavam o médico assistente para preencher a declaração de óbito. A necrópsia não foi realizada. O médico tinha certeza de que o câncer de próstata era a patologia responsável pela morte, mas não estava certo de qual foi a complicação final específica, que levou o paciente à morte. A causa mortis foi completada como se segue:

Exemplo

Exemplo de Linha Única

Devido à falta de informação sobre a causa imediata da morte, esse formato de linha única na Parte I é aceitável. "Carcinoma de próstata com mestástases pulmonares" neste caso atende a ambas, tanto a causa imediata quanto a causa básica da morte, mas deve ser vista como a causa básica da morte.

O formato de linha única na Parte I deve ser usado somente quando a causa básica da morte é conhecida, e não há suficiente informação para registrar de modo preciso uma causa imediata da morte.

2002 - 2003 DIS-Unifesp/EPMcontato: meide@dis.epm.br
Anterior    Próximo
| home | sobre | tutorial básico | consulta rápida | exemplos | tutorial interativo | outros locais |