UNIFESP - EPM

Tutorial para Preencher as Causas da Morte da Declaração de Óbito
Departamento de Informática em Saúde

Tutorial - Seção III - XXV. Razões para Citar os Fatores de Risco


Qual a Importância de Registrarmos os Fatores de Risco?

O registro dos fatores de risco devem ser estimulados por várias razões:

  1. O registro de fatores de risco pode ser útil para o médico que, por exemplo, não se sente confortável, preciso, ou científico em imputar a causa básica da morte ao tabaco para um tabagista que morreu de câncer de pulmão, mas também não se sente satisfeito com a declaração se o tabagismo não for mencionado em algum lugar das causas da morte. Citar o tabagismo como um fator de risco na Parte II em outras condições significativas é uma alternativa viável.

  2. O registro de fatores de risco pode ser utilidade para os usuários da declaração das causas da morte, gerando conhecimento. A anotação de fatores de risco teria o propósito de facilitar a obtenção da informação sobre como essas condições estão relacionadas com as taxas de mortalidade, mesmo que não tenham sido citados diretamente como causa básica da morte.

  3. Os fatores de risco são importantes do ponto de vista da saúde pública. Embora o sistema de codificação do Código Internacional de Doenças (CID) ainda não contemple códigos para fatores de risco, o registro desses fatores pode ser o ponto de partida para o desenvolvimento de regras específicas e de uma classificação para os fatores de risco importantes.

Apesar do relato dos fatores de risco seja estimulado pelas razões expostas acima, as regras sobre como ou quando relatá-los na declaração de óbito, ainda não são claras. 

Se o médico declarante desejar relatar um fator de risco, poderá fazê-lo:

2002 - 2003 DIS-Unifesp/EPMcontato: meide@dis.epm.br
Anterior    Próximo
| home | sobre | tutorial básico | consulta rápida | exemplos | tutorial interativo | outros locais |